Buscar
  • We Posicionamento Digital

“Não se Desespere Mãezinha” – Nicole Oliveira – E Agora, Gemeos


“Quando nos tornamos mãe logo vem um mundo de sentimentos bons e ruins. Vem a felicidade, a pressão dos palpites, o amor, a sensação de insuficiência… e as vezes esses sentimentos nos dominam de uma forma assustadora.

Essa semana tive uma experiência péssima em um evento. Enquanto estava tirando foto com as participantes do evento, vi a Alice vindo correndo ao meu encontro, escorregando com tudo no chão, batendo a cabeça e chorando muito. Meu reflexo na hora foi sair correndo e pegar ela no colo para acalma-la e na minha cabeça já veio a culpa, porque deixei ela sozinha para tirar foto? Como não vi que o chão estava molhado? Porque não corri mais rápido ainda para pega-la? No calor do momento só pensei na Alice que não parava de chorar, dei um banho nela (pois ela escorregou no vomito de alguma criança) e a acalmei.. quando ela ficou bem, pois não passou de um susto, eu pude sentar e me acalmar.

O sentimento de impotência preencheu meu coração, não acreditava que minha bebê tinha caído na minha frente. A culpa não foi de ninguém, mas meu coração gritava a todo instante que a culpa era minha. Depois, sentava e refletindo… vi que a culpa não foi minha. A Alice já anda e não gosta de ficar presa, gosta de estar livre para andar, correr e se divertir e em algum momento isso iria acontecer.

Nós mães tentamos a todo momento ser super mulheres, invencíveis e incríveis mas temos que ter a consciência de que não é assim. Não somos super mulheres, somos apenas mulheres normais que superam cada dia que passa os desafios da maternidade sabendo manter a calma, aconchegar, ensinar e lidar com situações doidas diariamente. Hoje, vendo o que aconteceu essa semana eu não me sinto culpada, mas sim com uma calmaria no coração por pensar que: Alice caiu sim em seu momento de independência, mas eu que a acalmei, abracei, dei banho e chamego para ela ficar bem e ver que não passou de um susto. E isso vale muito mais do que qualquer sentimento de culpa!

Então não se esquecam: somos humanas por isso erramos e acertamos todos os dias, mas o que conta é ver que apesar dos empencilhos nós conseguimos dar nosso jeitinho para tudo ficar bem!”

Nicole Oliveira – Idealizadora do “E Agora, Gêmeos?” www.instagram.com/eagoragemeos www.facebook.com/eagoragemeos www.youtube.com/eagoragemeos5


0 visualização
Siga a gente
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle