Siga a gente
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
Buscar
  • Marcela Cerqueira

15 de Outubro - Dia da Sensibilização à Perda Gestacional e Infantil


Ser mãe não é fácil!

A partir do momento que engravidamos, começam as cobranças. É normal vermos as pessoas dando dicas, sugestões, que são quase imposições de como devemos agir e reagir em diferentes situações. Mas e quando falamos de "Mães de anjo"? Mulheres que perderam os filhos ainda no início da vida. Como os amigos, a família, os colegas de trabalho devem agir? O que falar? O que pensar? É, realmente este ainda é um assunto muito delicado.

Falar da morte ainda é um tabu, principalmente quando ela acontece em um momento que deveríamos celebrar o nascimento. Fomos ensinados assim desde pequenos! Não podemos falar sobre a única certeza da vida. Mas para as mães enlutadas falar dos filhos é motivo de orgulho, é como se déssemos vida a nossos filhos que hoje estão em outro plano.

O processo do luto é diferente para cada mãe. Umas gritam, outras se recolhem, umas guardam todos os acessórios, roupinhas...outras doam tudo e preferem não ter contato. É assim! É normal! Cada ser humano é de um jeito, e não podemos exigir uma atitude, não podemos definir o que é certo ou errado.

Como Mãe de Anjo, digo a vocês que tudo o que precisamos é de uma rede apoio. Pessoas dispostas a nos ouvir, nos acalmar, sem tentar entender algo que é imensurável. Precisamos de ouvidos e braços abertos para nos darem todo o suporte necessário. Dar voz e ouvidos a tantas mães e pais que precisam de acolhimento, é imprescindível!

E é por isso, que nos anos 80, nos Estados Unidos, o dia 15 de outubro foi instituído como o Dia da Sensibilização à Perda Gestacional e Infantil. Uma data de extrema importância para alertarmos sobre uma situação que acontece com inúmeras famílias, que talvez por falta de apoio, se afundam em uma depressão sem fim.

Aliado a esta data, nasceu o movimento "Wave of lights", uma ação mundial onde pais, mães, familiares, amigos, acendem uma vela às 19h do Dia 15 de outubro, com o intuito de homenagearem e lembrarem com muito carinho de seus filhos. Este gesto tão singelo é importante para mantermos viva a memória de nossos pequenos.

Precisamos alertar amigos, famílias, hospitais, para a importância do cuidado e da atenção com as mães que viram os filhos partirem de forma abrupta! Ou até mesmo aquelas que nem tiveram a chance de vê-los nascer. Precisamos alertar maternidades que precisam de mais humanização para tratar com amor e respeito as mães enlutadas. Precisamos de atenção para perceber e cuidar com muito carinho destas mães que foram marcadas para sempre, no corpo e na alma.

Hoje, por sentir na pele esta realidade tão dura, quero ser um centro de apoio para outras mães que se veem perdida em meio esse caos. Quero poder ajudar e acolher mães que passam a desacreditar em uma vida feliz. Quero poder mostrar que mesmo no meio de toda tempestade, podemos encontrar nosso arco íris.

Blog: http://falamarcela.com.br/

Instagram: @falamarcela

#perdagestacional #mãedeanjo #lutomaterno #mãe #maternidade #gestação #gravidez

277 visualizações